Aposentar em 30 Minutos

Desde o início de 2008 já estão valendo as novas regras para que o trabalhador da cidade de Itajaí e arredores possa se aposentar por idade sem precisar levar uma montoeira de documentos provando que contribuiu durante x anos para a Previdência Social.

Segundo o ministro da Previdência Social (INSS), José Pimentel, de agora em diante não leva mais que 30 minutos para que o trabalhador saia da repartição pública com um sorriso largo no rosto por ter conseguido sua sonhada aposentadoria sem um monte burocracia.

Mas as coisas não tão fáceis assim não, é bom ficar de antena ligada para fazer o requerimento.

Para facilitar as coisas, o primeiro procedimento é agendar o atendimento pelo telefone.

Se for feito o agendamento por telefone, é evitada aquela temerosa fila na agência da Previdência.

Para agendar o atendimento é só ligar para o número 135 e falar com o atendente, ele faz o agendamento e você vai no dia certo o na hora certa e acaba aproveitandando bem seu tempo, a ligação é gratuíta e pode ser feita de segunda a sábado das 8 horas às 23 horas.

Quando chegar o dia do atendimento, é só levar um documento de identidade, e através do banco de dados da Previdência Social, o funcionário vai baixar um relatório completo de todas as contribuições que foram feitas por você, é tal do relatório de extrato da vida laboral.

Está tudo nesse relatório, se você concordar com o que está no relatório, sua aposentadoria por idade é homologada na mesma hora e o pagamento vai sair no próximo mês, será criada uma conta no Banco do Brasil, com base na data do seu atendimento na Previdência.

Mas, se você acha que esqueceram de colocar algo no relatório, aí o bicho péga e as provas terão que ser feitas com documentos.

Esta nova regra de agilidade vale só para aposentadoria por idade de trabalhadores urbanos, no caso dos homens é preciso ter 65 anos, para as mulheres é preciso ter 60 anos, também será preciso que tenha contribuído no mínimo 180 contribuições, o que trocando por miúdos é uns 15 anos de pagamento para Previdência Social, o que com base no que é pago atualmente, dá em torno de R$ 8.000,00 em contribuições.