As Manchas na Pintura

Manchas de cores metálicas podem ser identificadas em função da concentração de alumínio em pequenas áreas, a falta de ajuste de pressão de ar, vazão de tinta, velocidade de aplicação, a distância entre a pistola de pulverização e a superfície a ser pintada, a quantidade de retardador que é adicionado à tinta e o uso de solvente inadequado são as causas mais comuns para este defeito.

Aguardar a tinta secar completamente, lixar a superfície e repintar somente com tinta de acabamento, são algumas das necessidades para evitar as manchas nas pinturas metálicas.

Quando a pintura apresenta riscos ou cortes profundos, são defeitos que são chamados de rachaduras, as causas são em geral a pintura que é feita sobre base velha e já trincada, excesso de massa, ou a aplicação de tinta sobre primer inadequado ou aplicação de poliuretano sobre superfície pintada com laca acrílica.

Além das manchas metálicas e rachaduras, a pintura também pode ficar fosca, sem brilho e com aparência ressecada, a pintura fica fosca quando o veículo fica muito tempo exposto ao sol, ou é lavado com shampoo e/ou sabão muito forte ou usado solvente inadequado, para diminuir a intensidade do fosco da pintura, a recomendação é polir com massa de polir número 3.