Base de Relacionamento

A base de um relacionamento duradouro é a admiração mútua e na busca dos objetivos lutarem juntos, deve haver respeito de ambas as partes, mesmo com todos os defeitos, mas se um dos dois começar a ter objetivos diferentes e para alcança-los tomar decisões que venham a desagradar a outra parte, o desgaste da relação é inevitável, é apenas uma questão de tempo.

Já nos acostumamos com a ideia que nós homens somos insensíveis e egoístas e não nos importamos com os sentimentos das mulheres, a verdade é que a gente aceita essa ideia até o momento em que acontece alguma coisa que sob nosso ponto de vista é grave.

Apenas aceitamos a ideia de ser insensível e egoísta, mas basta um olhar crítico à nossa volta e descobrimos que muitas coisas que imaginamos não são tão verdadeiras assim, são apenas rótulos que foram colocados ao longo dos anos pela sociedade e talvez pela própria companheira.

Foram-se os tempos em que os homens eram os únicos responsáveis pela manutenção do lar, da família e da paz na sociedade, a mulher tinha como responsabilidade o cuidado com a casa.

Atualmente as mulheres são muito atuantes e independentes financeiramente e sexualmente, e por isso deixaram de ter atitudes submissas, o problema é que essas alterações aconteceram muito depressa e nós homens não tivemos a capacidade de compreender e nem de absorver as mudanças.

Existem muitos homens que têm dificuldade em aceitar o fato da sua parceira ganhar mais ou tem um desempenho profissional melhor que o seu, outros, apesar de terem colaborado para que acontecesse isso, não se sentem confortáveis com a independência que as mulheres demonstram ter com relação a eles.

No relacionamento, a mulher é expert por natureza, usa todas as armas que possuí, e na prática são apenas duas: a beleza e o ato sexual em si, as demais virtudes existem, mas ficam de lado, o que o homem jovem não percebe é que ele está “fissurado” e quer transar todo dia, e a mulher se aproveita disso muito bem.

Com o passar do tempo as coisas vão mudando, e os homens pensam em sexo como um peso, porque são eles os responsáveis pela satisfação total da sua companheira, e o medo de falhar na hora “H” os acompanha sempre, o medo faz sentido porque atualmente a maioria das mulheres já teve várias experiências sexuais, por isso sabem comparar e querem ter satisfação.

Os homens também sofrem por amor e sentem tristeza quando levam um fora de uma mulher que amam, a diferença está na forma do sofrimento, os homens não ligam para os amigos chorando e contando o acontecido, ao passo que as mulheres se descabelam, gritam, choram e agem como se a vida tivesse acabado.

As mulheres se queixam de não ser fácil encontrar homens românticos, a verdade é que os homens desde pequenos brincam de luta e as mulheres brincam de boneca sonhando com um casamento cheio de flores, isso é ensinado dentro de casa pelos pais.

Os homens pensam nos bens materiais que esperam conseguir, talvez em companhia de uma bela e dedicada esposa, não há como negar que os homens são materialistas por natureza, e as lutas para alcançar seus objetivos os deixa menos românticos, porque eles estão concentrados no trabalho e nos problemas a ele relacionados.

As mulheres são românticas naturalmente, obviamente que muitas das atitudes vistas em casa fazem a diferença, mas as mulheres cobram constantemente a falta de romantismo e com o tempo irão acontecendo muitas coisas que acabam desgastando a relação, quando a mulher é inteligente e percebe o desgaste ela desiste das cobranças.

A palavra casamento assusta a maioria dos homens por que eles têm medo de perder sua liberdade, e a liberdade que me refiro não é sair pegando outras mulheres, mas a liberdade de jogar futebol com os amigos quando bem entenderem ou encontrar com amigos para trocar ideias sobre assuntos que sejam de interesse comum.

Quando se fala em liberdade surge logo o assunto traição, os homens tem a fama de traidores e fomos nós os responsáveis por construir esse cenário, mas não é verdade, sabemos que as mulheres traem tanto quanto os homens.

As mulheres estão mais expostas a encontros casuais, o dia a dia fora de casa gera mais possibilidades e muitas não se sentem mal com isso, mas é preciso que seja dito que não são todos os homens que traem, talvez não por falta de vontade, mas por respeito à parceira e pelo medo de serem descobertos e acabar o relacionamento.