Bonita e Perigosa

Foram-se os tempos em que o homem era o chefe da casa, atualmente combinar para decidir as coisas juntos parece ser uma boa ideia e talvez seja a melhor coisa a ser feita, mas quando a mulher começa a decidir tudo sozinha e não consulta e muito menos informa aquilo que está sendo decidido, quando o companheiro vê já está feito e não tem volta.

A audácia das mulheres atualmente está a mil por cento, claro que tem o seu lado bom nisso tudo, “a gente nem precisa mais passar cantadas”, o ruim é que acabou aquela emoção da dúvida: será que ela vai topar ou não?

As mulheres são espertas e lei está do lado delas, não adianta espernear e nem gritar, é fato consumado, quem for do sexo masculino que tome muito cuidado, e olha que esse aviso é grátis e tenho experiência suficiente para poder afirmar que quem for homem que se cuide, em todos os sentidos.

Coisas sérias à parte, a piadinha que conto abaixo mostra a inteligência da mulher e a sutileza do golpe fatal:

Uma mulher passava próximo a um rio e viu um sapo muito feio, ela parou e olhou bem para o sapo, claro que sabemos que sapo não deveria falar, mas esse falava, era um sapo velho e já estava sem forças para sair de dentro do rio, enquanto a mulher olhava fixo nos olhos dele ele fez a seguinte proposta:

– Você me tira daqui e eu satisfaço 3 desejos seus, pode pedir qualquer coisa.

Meio com medo e com ansiedade misturada com curiosidade ela tirou o sapo da água, então ela disse para o sapo:

– Agora tenho direito de fazer 3 pedidos, como você vai satisfazer meus 3 desejos?

– Bem, prometi e vou cumprir, mas vejo pela sua aliança que você é casada, nesse caso tudo o que você me pedir seu marido recebe 10 vezes mais – disse o sapo.

– Não faz mal, eu e meu marido compartilhamos tudo.

– Está bem, qual é seu primeiro desejo?

– Bem, como estou ficando meio acabada, gostaria de ficar uma coroa bonitona e desejada por todos os homens.

– Está bem, mas devo lhe avisar, seu marido ficará 10 vezes mais bonito do que é agora.

– Tudo bem, já disse que não tem problema.

E o sapo satisfez o desejo da mulher transformando-a numa coroa bonita.

– Vejo que você está muito bonita, qual é seu próximo desejo?.

– Não adianta ser bonita e desejada sem ter dinheiro, eu quero ser uma mulher muito rica.

– Tudo bem, diz o sapo, mas lembre-se que seu marido terá 10 vezes mais.

– Não tem problema, diz a mulher, eu quero ser muito rica.

E o sapo satisfez o desejo da mulher, ainda faltava um desejo a ser satisfeito, e a mulher espera pela indagação do sapo.

– Agora só falta mais um desejo, pode pedir que depois de satisfazê-lo seguirei meu caminho, mas tenha em mente que seu marido receberá 10 vezes aquilo que você pedir, conforme o combinado.

– Tudo bem, diz a mulher, quero ter um enfarte de pequenas proporções, numa escala de 1 a 10, o 1 não mata, do 5 ao 8 o risco de morte é grande, e entre 9 e 10 é fatal.

E o sapo satisfez o desejo da mulher, que ficou com as 10 partes do dinheiro, bonita e viúva.

Essa anedota mostra a frieza e como uma mulher pode ser calculista, mesmo diante do risco de um pequeno enfarte, acho que quem sabe ler um pingo é uma letra, há mais alguma coisa a dizer?