Energias e Leis Regentes

Quem estudou eletrônica, certamente que estudou sobre magnetismo, aquele magnetismo do imã, ou o “magnetismo não humano”, só para lembrar, a lei que o rege é: “semelhantes se repelem e opostos se atraem”.

Mas, curiosamente a lei que rege o magnetismo humano é exatamente ao inverso: “semelhantes se atraem e opostos se repelem”, ou sendo mais preciso, semelhantes se atraem, mais ainda se forem idênticos, e diferentes se repelem, mais ainda se forem opostos.

Sem nenhuma exceção, as energias se atraem mutuamente, mutuamente se sintonizam, e sempre fazem isto pacificamente, brandamente, é pura afinidade.

As energias humanas de teores vibratórios-morais idênticos como amor e amor, ou ódio e ódio, ou raiva e raiva ou semelhantes como amor e bondade, ou ódio e raiva ao se encontrarem, serão atraídas entre si, elas se interpenetrarão, numa verdadeira fusão energética.

Eís um exemplo: Quando e enquanto um ser humano permanecer próximo de outro, o campo magnético de um estará em contato direto com o campo magnético do outro, se aqueles dois campos magnéticos humanos forem de teores vibratórios-morais semelhantes, melhor ainda se forem idênticos, as suas energias mutuamente se atrairão, se interpenetrarão e se regozijarão.

Isto provocará, naquelas duas pessoas, sensação de paz e de bem-estar, mesmo que tenham acabado de se conhecer.

Outro exemplo: Quando e enquanto uma pessoa permanecer num recinto, o seu campo magnético estará em contato direto com as energias humanas ali existentes, é o campo magnético daquele local, e se ambos forem de teores vibratórios-morais semelhantes, melhor ainda se forem idênticos, mutuamente eles se atrairão, se interpenetrarão e se regozijarão.

Isto provocará, naquela pessoa, uma sensação de paz e de bem-estar.