Exercícios Aeróbios

Aeróbio ou anaeróbio dizem respeito ao tipo de metabolismo energético que está sendo utilizado preferencialmente, e este aspecto não tem relação com os efeitos salutares dos exercícios, ambos os tipos de exercícios podem ser graduados para serem suaves, moderados ou exaustivos.

Exercícios aeróbios típicos são contínuos e prolongados, realizados com movimentos não muito rápidos (corrida, ciclismo, natação), nestes exercícios, mais a duração e menos a velocidade dos movimentos, podem ser manipuladas para caracterizar a atividade como suave, moderada ou exaustiva.

A atividade é aeróbia enquanto a captação de oxigênio permanecer relativamente estável, teoricamente ao atingir esse ritmo estável as pessoas poderiam fazer exercícios por tempo indeterminado.

Mas existem outros fatores que contribuem para diminuir a captação de oxigênio, e a principal delas é a depleção de glicogênio muscular.

Existem testes onde é possível detectar em que momento do exercício a captação tornou-se estável e quando começa a diminuir, são os testes de Ergoespirometria e de Lactato.

Durante a atividade aeróbia os lipídeos irão contribuir para suprir as necessidades energéticas do músculo, preservando o glicogênio muscular, portanto é a atividade mais indicada para a diminuição da gordura corporal, os fatores mais importantes para a utilização das gorduras como substrato energético são a presença de oxigênio e um alto nível de utilização dos carboidratos.

Com o passar do tempo, a captação de oxigênio vai diminuindo e o organismo começa a utilizar a glicose ou o glicogênio como fonte de energia, desta forma ocorre a ressíntese de ATP, contudo a concentração de ácido lático aumenta, (o ácido lático é um subproduto tóxico gerado na ressíntese de ATP).

O resultado disso é que os músculos tornam-se fadigados obrigando a interromper o exercício minutos depois, por isso pessoas com baixo condicionamento físico podem não conseguir realizar uma atividade initerruptamente por 30 minutos.

Em geral, são utilizadas todas as fontes energéticas tendo predomínio de uma sobre a outra dependendo principalmente do tempo e da intensidade do exercício.