Importância dos Freios

Mesmo que muitos achem que um motor com grande potência é o item mais importante num carro, discordo completamente de quem pensa assim, para mim, o sistema de freios é o item mais importante de um carro, e por isso merece atenção constante.

Nos veículos mais antigos, usam-se lonas e tambores, nos atuais, pastilhas e discos, mas seja qual for o sistema, ele é sempre hidráulico, ou seja, os discos ou as pastilhas são acionadas por um óleo projetado para trabalhar em temperaturas pré-determinadas.

A eficiência dos freios vai diminuindo com o tempo e com a intensidade do uso, e depois de um certo tempo, muitas vezes o motorista sente o pedal baixar depois de pisar no pedal dos freios com muita freqüência, como nas descidas de serras.

Pedal de freio baixar ao ponto de ser sentido pelo motorista no instante em que precisa dos freios é problema sério, é a indicação que o sistema sofreu um superaquecimento motivado pelo atrito entre as pastilhas e os discos, ou das lonas e os tambores, e a temperatura passou do limite de tolerância, isso também pode ser devido aos freios estarem necessitando da substituição de um ou vários componentes.

O ideal é estabelecer uma rotina de vistoria dos freios, ela deve incluir a canalização que leva o óleo do cilindro-mestre, onde fica depositado, às sapatas, que acionam as pastilhas.

Com os freios todo cuidado é pouco e nem mesmo toda a atenção é exagerado, para começar, o nível do óleo do freio deve ser verificado semanalmente e trocado a cada dois anos, ou de acordo com a recomendação do fabricante.

Quando o óleo de freios estiver sujo, velho ou contaminado ele perde a capacidade de pressão e dificulta a frenagem, colocando em risco a segurança dos ocupantes do veículo.

Existem óleos que resistem a temperaturas mais altas, mas são bem mais caros e desnecessários para o uso normal, em todo caso, não importa o tipo de óleo, mas quando o óleo de freio é trocado, deve-se evitar a presença de ar na tubulação dos freios, o ar faz o pedal baixar e reduz drasticamente a capacidade de frenagem.

Quando os freios ficam ruins devido a existência de ar na tubulação dos freios, uma simples sangria do sistema é o suficiente, a sangria tem o mesmo significado que retirada do ar, ela é simples e rápida.

As pastilhas de freio devem ser verificadas a cada 10000 quilômetros, e a cada 30000, todos os itens do sistema devem ser verificados e regulado o freio de mão, deve-se prestar atenção nas borrachas de conexão dos condutos de óleo, e se as borrachas incharem quando o pedal for acionado, está na hora de substitui-las.

Quanto à marca do óleo, siga as instruções do fabricante do seu carro, está no manual do proprietário, se não for possível encontrar o óleo recomendado, dê preferência para as marcas mais conhecidas.

E depois de tudo revisado e tudo em cima, mesmo com o melhor dos freios, nunca desça nem mesmo uma ladeira em ponto morto, engrene uma marcha mais baixa, geralmente a terceira é a mais indicada, para que ela contenha as rotações do motor e impeça o carro de ganhar velocidade, assim, você estará poupando os freios do seu carro, e em muitos casos, poupando vidas, inclusive a sua.