Criação da União Européia

Em janeiro de 1948 foi criada a Organização Européia de Cooperação Econômica, em conseqüência da reconstrução econômica dos países da Europa após a Segunda Guerra Mundial, com apoio do Plano Marshall.

Em 1952, foi constituída a Comunidade Européia do Carvão e do Aço, que eliminou, para o carvão, o aço e o minério de ferro, todas as restrições comerciais entre Bélgica, Holanda e Luxemburgo (que formavam o Benelux), Alemanha Ocidental, França e Itália.

Em 1955, foi estruturada a Comunidade Econômica Européia (CEE), também conhecida por Mercado Comum Europeu, formalizada pelo Tratado de Roma, que entrou em vigor em 1958.

Com o tempo foram ingressando outros países da Europa, em linhas gerais, são esses os objetivos visados pelo Tratado de Roma:.

– Eliminação de direitos alfandegários entre os países membros.

– Estabelecimento de tarifa e de política comercial comum em relação aos países não-membros.

– Eliminação de obstáculos à livre movimentação de pessoas, serviços e capitais.

– Coordenação das políticas econômicas dos países membros entre outros.

Em 1992 foi firmado o Tratado da União Européia, também conhecido como Tratado de Maastricht, que estabeleceu a integração total até 1999.