O Papel e a Impressão

Tem muita gente que não sabe ou que não se lembra, mas existem invenções que tiveram sua origem na China, e são fundamentais até nos dias atuais, e provavelmente serão no futuro, uma dessas invenções é o papel, e apesar do e-mail, msn, celular, internet e tantos outros tipos de materiais que podem ser utilizados para escrever ou imprimir, o papel ainda será um material importante para a circulação de informações escritas.

Conta-nos a história que o papel foi usado pioneiramente por escribas da dinastia Han, aproximadamente duzentos anos antes de Cristo, em pouco tempo o papel tinha se tornado dominante em território chinês, servindo para mapas, documentos e livros.

Logo após a invenção do papel, veio a invenção da impressão, é do ano 868 de nossa era o primeiro exemplo de livro impresso na China, a primeira vista pode parecer bizarra para os dias atuais, mas naquela época a impressão era feita usando caracteres entalhados em madeira.

E o sistema deu tão certo que, ao longo dos séculos, os chineses inventaram os tipos móveis, equivalentes aos vários sinais ideográficas da escrita chinesa, que podiam ser trocados na prensa, e no século 15, o alemão Gutemberg começou a usar tipos móveis para dar início ao uso maciço da imprensa no Ocidente.