O Que é Alotropia

Alotropia é a propriedade que tem um mesmo elemento químico de formar duas ou mais substâncias simples diferentes.

Veja esse exemplo:

O gás oxigênio e ozônio são diferentes um do outro na atomicidade, isto é, no número de átomos que forma a molécula.

Nesse caso, se diz que o gás oxigênio e o ozônio são as “formas alotrópicas” do elemento químico oxigênio.

O oxigênio existe no ar atmosférico, como sabemos, é um gás indispensável à nossa respiração, o ozônio é um gás que envolve a atmosfera terrestre, protegendo-nos dos raios ultravioleta do sol.

Devido às suas propriedades germicidas, o ozônio é utilizado como purificador da água potável.

Outro exemplo:

Diamante e grafite são duas substâncias simples bem diferentes uma da outra, mas são formadas pelo mesmo elemento químico, o carbono.

Diamante e grafite são as formas alotrópicas do elemento químico carbono.
Estas substâncias são diferentes entre si pela estrutura cristalina, ou seja, pela forma de seus cristais, e além disso, a maneira dos átomos de carbono se unirem é diferente, na grafite e no diamante.

Existem outros elementos químicos que possuem formas alotrópicas, como, por exemplo, enxofre rômbico e enxofre monoclínico, que são diferentes um do outro pela estrutura cristalina.

O fósforo vermelho e o fósforo branco são alótropos do elemento químico fósforo, que são diferentes entre si pela atomicidade.

As formas alotrópicas de um elemento químico podem ser diferentes uma da outra pela atomicidade ou então pela estrutura cristalina.

É importante que não seja esquecido de um detalhe: “Alotropia” refere-se somente a “substâncias simples”.