Percentual de Cartão de Débito

Em outro texto o tema era sobre cartão de crédito, e na pegadinha da antecipação de vendas.

Nesse texto vou provar que as operadoras de cartão ao invés de tratar os comerciantes como parceiros, os tratam como otários.

As operadoras e todo mundo sabe que aquele fiado de caderneta é um pé no saco, e apesar dos problemas e custos, aceitar cartões ainda é melhor que pegar um cheque, que é outro tipo de bomba.

Hoje em dia eu você e qualquer pessoa tem um monte de cartões, é só querer, ofertas é o que não falta.

Por isso existe a necessidade de que o comerciante tenha meios de receber pelas compras ou serviços prestados através de cartão de crédito ou débito.

Para o consumidor, é só passar o tal cartão e pronto, a única coisa certa é que a operadora de cartão vai receber.

Exatamente por isso é que as operadoras já deram cartão para todo tipo de pessoa, e agora ofertam todo tipo de suposta vantagem para o comerciante receber seus pagamentos.

Vou mostrar apenas um exemplo de pegadinha, que se a gente não estiver de olhos abertos em todos os sentidos, enfiam na gente uma mortadela de dois quilos.

Nesse exemplo, a oferta é de uma taxa de 2.3% se for débito, é uma taxa tentadora, principalmente porque é para cair na conta no dia seguinte.

 

pagamento-cartao

 

 

 

 

O cálculo é feito no próprio site e você pode vender um produto por 62 reais e receber no dia seguinte 55 e quarenta e três centavos.

Acreditou? Toma aí seu carimbo de otário.

O mínimo de conhecimento em matemática é suficiente para saber que alguma coisa está errada.

Pois se eu pegar 62 reais e dividir por 100 e multiplicar por 2.3, o resultado será de 1.42, e R$ 62.00 reais menos R$ 1.42 dá R$ 60.58, muito longe de R$ 55.43

É uma oferta falsa e além de extorsiva, é uma oferta enganadora.

Se no débito uma venda de R$ 62.00 reais resulta num recebimento de R$ 55.43, imagina uma venda no crédito.

E tem operadora de cartão que tem coragem de dizer que o comerciante é um parceiro.

Se quiserem usar carimbo de otário em mim, podem tentar, é bem capaz de conseguirem.

Enquanto isso sou apenas um chato me defendendo das armadilhas que são espalhadas por onde eu passo.

Sou chato, mas não sou burro, é certo que mesmo os mais espertos também caem em pegadinhas tolas e inocentes, mas dessa vez pulei fora.

Numa economia onde o comerciante tem uma margem muito pequena, não dá para sustentar operadora de cartão.

Principalmente sendo enganado, não é mesmo?