Origem da Lei de Ohm

A Lei de Ohm, assim chamada em homenagem ao seu formulador Georg Simon Ohm, indica que a diferença de potencial (V) entre dois pontos de um condutor é proporcional à corrente elétrica (I) que o percorre, cuja fórmula é a seginte:

Datalhando:

V é a diferença de potencial elétrico medida em Volts (tensão ou voltagem).

R é a resistência elétrica do circuito medida em Ohms.

I é a intensidade da corrente elétrica medida em Ampères.

Mas na prática, essa lei nem sempre é válida, na verdade depende do material que é usado para fazer o resistor (ou resistência).

Quando essa lei é verdadeira num determinado material, o resistor em questão denomina-se resistor ôhmico ou linear.

Na prática não existe um resistor ôhmico ou linear exato, mas muitos materiais permitem fabricar dispositivos aproximadamente lineares, como exemplo, a pasta de carbono.

Um exemplo de resistor (ou resistência) não linear, que não obedece à Lei de Ohm é o diodo.

Conhecendo-se duas das grandezas envolvidas na Lei de Ohm, é fácil calcular a terceira grandeza utlizando a fórmula:


 
No exempo da acima, obtem-se a corrente conhecendo o valor da tensão e o valor da resistência, pois a fórmula diz que a corrente é igual a tensão divida pela resistência, note que se faz necessário um pouquinho de conhecimento de matemática e cálculo de frações.

O valor da resitência pode ser obtido através da fórmula:


Note que se chega ao valor da resistência dividindo o valor da tensão pelo valor da corrente.

A potência P, é medida em Watts, e dissipada num resistor, presumindo de que os sentidos da corrente e da tensão são aqueles assinalados na figura acima, é dada pela fórmula mostrada abaixo.

 Então, a tensão ou a corrente podem ser calculadas a partir de uma potência conhecida:

A fórmula   diz que a corrente é igual a potência divida pela tensão.

A fórmula    diz que a tensão é igual a potência dividida pela corrente.

Existem outras relações, envolvendo a resistência e a potência, e são obtidas através das fórmulas a seguir:

Obs.: Nas indicações das fórmulas relacionadas a Lei de Ohm, a tensão era indicada com e letra E em maiúscula, atualmente, por convenção, utiliza-se a letra V em maiúscula para indicar tensão ou voltagam, nos diagramas elétricos ou nas fórmulas.

V significa tensão
R significa resistência
I significa corrente
P significa potência