Poluição Atmosférica

A poluição atmosférica caracteriza-se basicamente pela presença de gases tóxicos e partículas sólidas no ar, as principais causas desse fenômeno são a eliminação de resíduos por certos tipos de indústrias como siderúrgicas, petroquímicas, entre outras, que queimam carvão e petróleo em usinas, os automóveis e sistemas de aquecimento doméstico também são responsáveis pela poluição atmosférica.

O ar poluído penetra nos pulmões, ocasionando o aparecimento de várias doenças, em especial do aparelho respiratório, como a bronquite crônica, a asma e até o câncer pulmonar, esses efeitos são reforçados pelo consumo de cigarros, e até quem não fuma acaba sentindo os efeitos.

Nos grandes centros urbanos, tornam-se freqüentes os dias em que a poluição do ar atinge níveis críticos, seja pela ausência de ventos, seja pelas inversões térmicas, que são períodos nos quais cessam as correntes ascendentes do ar, que são importantes para a limpeza dos poluentes acumulados nas camadas próximas à superfície.

A maioria dos países capitalistas desenvolvidos já possui uma rigorosa legislação antipoluição, que obriga certas fábricas a terem equipamentos especiais como filtros e tratamento de resíduos, ou a usarem processos menos poluidores.

Nesses países também é intenso o controle sobre o aquecimento doméstico a carvão e o escapamento dos automóveis, esses procedimentos alcançam resultados consideráveis, embora não eliminem completamente o problema da poluição do ar.

Em pesquisas realizadas há alguns anos, mostraram que chapas de ferro se corroem muito mais rapidamente em São Paulo do que em Chicago, o estranho é que em Chicago possuí maior quantidade de indústrias, e maior quantidade de automóveis em circulação.

Calcula-se que a poluição do ar tenha provocado um crescimento de teor de gás carbônico na atmosfera, que teria sofrido um aumento de 14% entre 1830 e 1930.

Atualmente esse aumento é de aproximadamente 0,3% ao ano, os desmatamentos contribuem bastante para isso, a queima das florestas produz grande quantidade de gás carbônico, como o gás carbônico tem a propriedade de absorver calor, pelo chamado efeito estufa, um aumento da proporção desse gás na atmosfera pode ocasionar um aquecimento da superfície terrestre.