Postura Diante do Chefe

Todos desejam ser bem vistos e possivelmente serem chamados ao gabinete do chefe, mas para muitos funcionários ficar de cara a cara com o chefe pode ser motivos de muitos arrepios.

É inegável que algumas pessoas têm dúvidas a respeito de qual é a maneira mais adequada para se comportar na presença do chefe.

Está claro que existem regras feitas para esse tipo de situação, obviamente que se deve ter a postura correta, mas é bom lembrar que a questão da postura depende do estilo de gestão da empresa, da personalidade do chefe e do assunto, mas existem alguns preceitos básicos.

A espontaneidade é talvez a virtude que mais ajuda, em qualquer lugar, e principalmente na presença do chefe deve-se agir de maneira espontânea, todo profissional precisa estar atento e observar a cultura da empresa onde trabalha e a do seu chefe, assim ele não corre o risco de comprometer sua imagem no trabalho.

Alguns gestores são pessoas mais acolhedoras, outros deixam claros os limites, em todo caso, a formalidade e a informalidade podem ser relativas e específicas a alguns aspectos.

A verdade é que não existem regras, nem modelos rígidos, mas é bom ter ciência de que se trata de um ambiente profissional, e por mais que exista amizade, o funcionário não está na sua casa e, muito menos, num bar.

É importante adotar uma postura que demonstre certa energia, mais isso não quer dizer que vai se esticar na cadeira como se estivesse relaxando.

Talvez você não concorde com alguma ordem, mas concordar com a fala do chefe com pequenos sinais e com movimentos leves com a cabeça indica que está entendendo o que ele diz, por isso é muito importante procurar manter o contato visual, não confronte, mas não baixe a cabeça quando ele falar com você.

Aproximar-se do espaço da mesa do chefe depende também do assunto conversado, ao analisar um relatório é natural chegar mais perto e se apoiar na mesa, mas ao fazer um pedido ou tocar em assuntos mais delicados a aproximação pode ser entendida de maneira invasiva ou como uma ameaça.

A movimentação deve ser reduzida, existem pessoas irrequietas que movimentam as pernas ou tremem o pé, com isso podem provocar inquietação no outro, então, faça somente os movimentos que realmente são necessários.

A curiosidade matou o gato e também matou muitos ratos, e se tem uma atitude que pode ser muito malvista é olhar os papéis que estão sobre a mesa do chefe, a discrição é uma virtude, por mais curiosidade que possa haver.

Sempre seja discreto e não queira fuçar ou especular os assuntos que estão tomando a atenção do chefe.

Existem situações que são criadas quando você já está no ambiente, se o telefone tocar, desvie sua atenção para outros objetos da sala, demonstre que não está prestando atenção na conversa alheia, e falando em telefone, em nenhuma hipótese leve o seu telefone e atenda uma ligação na sala do chefe, é melhor não levar o telefone consigo.