Preciso de Aventuras

Se você tiver feito algum passeio turístico nos últimos dias, ela ainda vai estar vivo na sua memória e você vai concordar que qualquer passeio é um grande show.

Tem gente que faz passeios longos, outros fazem meses de retiro, e outros chegam a fazer até sete anos de peregrinação, na verdade, ninguém sabe e nem nunca viu tudo.

Estava com vontade de visitar alguns lugares que ainda não fui, coisa rápida, tipo vai e volta, por isso visitei uma companhia aérea, logo dei de frente com alguns vendedores de passagens, mas minha maior preocupação antes da passagem era ver de perto as aeronaves.

Fiquei só olhando e admirando, já tinha visto aeronaves no solo, mas não assim tão grandes, a verdade é que fiquei espantado com as suas capacidades.

Nos últimos tempos tenho me alimentado sem concessões, é que eu tinha uma certa mania de não comer algumas coisas no almoço e no jantar, acabei percebendo que nada adiantava uma dieta, o que eu estava mesmo fazendo era perdendo um tempo precioso com minhas manias.

Pensei, como seria bom tirar uns quatro dias de folga e fazer uma pequena viagem, sei que em quatro dias não dá para ver muita coisa, mas acho uma boa idéia, e pensei, e quem sabe o próximo ano eu possa repetir.

Tem muitos lugares que eu ainda não fui e gostaria de ir, gostaria de ir até no centro do Rio de Janeiro, sim, fazer turismo, trabalhando já fui e fui de avião, mas gostaria de ir novamente, só que a passeio, sem compromissos com horários marcados e locais para estar presente.

Não sou boêmio, mas gostaria de conhecer a vida noturna, incluindo tomar uma dose de vinho tinto numa casa noturna, com boa música, porque no rap, no funk e afins não sou nada chegado.

Lembrei que moro tão perto, mas ainda não tive a oportunidade e ir ao Beto Carreiro World, onde as crianças viram mais crianças e dizem que os adultos voltam a ser crianças por algumas horas, o preço é acessível e pode até ser pago com cartão de crédito.

Também faz um tempo que não passo uma noite num acampamento, claro, depois que proibiram a caça, o acampamento ficou meio sem sentido, não que fosse para matar os animais, não sei porque, mas era muito divertido.

Na verdade, eu não tenho feito nada para me divertir, é só trabalho, trabalho e trabalho, se eu me distrair um pouco acho que fico um pouco mais calmo, não sei porque, mas acho que está faltando um pouco de aventura para somar com minha experiência.

Bem, talvez não passe da vontade, tenho que pensar nos compromissoas assumidos, mas talvez não esteja tão distante, qualquer passeio, qualquer saída da rotina é um show, se você puder fazer alguma coisa diferente, faça, porque eu ainda estou fazendo meus planos.

Mas aqui vai uma dica: Se for viajar de avião, evite as longas filas e as procuras por bagagens, afinal, você está indo se divertir e está a caminho da liberdade.