Santos Existem ou Não?

É um assunto que pode ser discutido e rediscutido, mas ainda assim existirão opiniões diferentes, que fique claro que o conteúdo deste texto reflete apenas a opinião e o posicionamento do autor em relação ao tema, a base para ter essa posição é que em nenhum lugar da Bíblia é feita referência a santos padroeiros.

Em nenhum lugar na Bíblia está escrito que os santos foram pessoas que depois da morte foram elevados a uma posição mais alta no reino, na verdade, uma das interpretações, talvez a que tenha mais lógica, é que todos que são seguidores de Deus são santos.

A igreja católica tem o conceito de que os santos são indivíduos que morreram e se tornaram qualificados para interceder pelos vivos, mas não existem referencias na Bíblia que afirmem isto.

Em Romanos 8:26 e 27 existe o seguinte: “mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inefáveis. 

E aquele que sonda os corações sabe quais são os desejos do Espírito, pois o Espírito intercede pelos cristãos de acordo com a vontade de Deus.

” As Escrituras indicam que Jesus e o Espírito Santo são capazes de fazer intercessão por nós junto ao Pai (Isaías 53:12; Romanos 3:34), e em Hebreus está escrito que Jesus sempre vive para fazer intercessão pelo seu povo (7:25).

Até existem passagens nas Escrituras que deixam claro que os próprios santos estão necessitando de intercessão, e que os cristãos vivos devem orar uns pelos outros (Tiago 5:16; 1 Timóteo 2:1).

Em nenhum lugar da Bíblia é autorizada a prática de pedir para que pessoas fiéis que viveram no passado intercedessem por nós, então para que pedir para algum santo se pode ser pedido diretamente para Deus? Aliás, não adianta pedir o impossível, o certo é esperar que seja dado o que merecemos, mas que não fiquemos de braços cruzados.