Sobre as Abelhas

Conhecidas há mais de quarenta mil anos, as abelhas vêm atraindo a atenção do homem pela utilidade dos produtos que delas se obtêm e pela extrema complexidade de sua vida social.

Abelha é um inseto pertencente à ordem dos himenópteros e à família dos apídeos, são conhecidas cerca de vinte mil espécies diferentes e dentre elas destacam-se, graças à importância econômica e às características fisiológicas, as do gênero Apis, a espécie que mais se presta à produção racional de mel, pólen, cera, geléia real e própolis é a Apis mellifera.

Se irrita com ruídos e odores fortes, a abelha ferroa e inocula veneno, para completar o serviço, deixa na pele da vítima o ferrão, e, presa a ele, uma parte das próprias vísceras, o que causa a morte do inseto em no máximo, 24 horas.

O cheiro do veneno desencadeia imediatamente um ataque em massa, as picadas podem ser bastante dolorosas, e, quando em grande quantidade (acima de cem picadas), perigosas para um homem adulto.

Pessoas alérgicas podem sofrer choque anafilático com uma única picada, mas, o indivíduo exposto a picadas freqüentes desenvolve imunidade ao veneno.

O veneno da abelha tem aplicações terapêuticas, sobretudo em casos de reumatismo, e a aplicação pode ser feita pela indução da picada do inseto no local afetado.