Sobre Recursos Naturais

Logo no início da criação o homem percebeu que para resolver seus problemas de fome e proteção contra o frio, tinha que recorrer à natureza, assim, no decorrer de sua história, desenvolveu mecanismos para melhor utilizar os recursos nela encontrados, as técnicas de plantio, colheita, extração e a transformação dos recursos naturais foram aprimoradas cada vez mais.

As madeiras, as plantas produtoras de fibras, os vegetais usados na alimentação e a água, são recursos renováveis, ou seja, que podem ser repostos continuamente, mas outros existem em quantidades finitas e necessitam de um tempo para serem formados novamente, como o carvão mineral, o petróleo e os minérios.

O carvão mineral que é usado como matéria-prima na fabricação do aço e em processos especiais de combustão tem sua origem de restos de vegetais que foram se acumulando em lugares com pouco oxigênio, como o fundo de lagos e pântanos.

O petróleo formou-se a partir de minúsculos animais e vegetai s aquáticos misturados a sedimentos que foram se depositando no fundo dos mares, as substâncias que compunham seus corpos foram lentamente transformadas, num processo desenvolvido durante milhões de anos.

A energia contida nesses seres não foi perdida durante a transformação e o petróleo resultante é, por isso, um material com alto potencial energético, dele se extraem vários subprodutos, como gasolina, querosene, graxa, parafina, asfalto e gás combustível, também pode ser utilizado na fabricação de produtos como o plástico e as fibras sintéticas.

Os minérios são encontrados em depósitos naturais ou jazidas, nos mais variados ambientes da Terra, através de técnicas especiais, são extraídos e empregados como matéria-prima em processos industriais, agrícolas e artesanais.