Vai de Carro ou de Ônibus?

Apesar de andar muito pouco de ônibus, é frequente escutar comentários do tipo: você não anda de ônibus por isso não sabe, ou ande de ônibus e veja como é, obviamente que não gosto de andar de ônibus, e o primeiro motivo é que não gosto de esperar, o segundo motivo é o custo, então não tenho nada que me atraí para andar de ônibus.

Preferencias à parte, é verdade que só quem tem algum problema sabe realmente o que seria necessário para resolver, no que diz respeito a ônibus e a cidade de Itajaí as coisas são bem complicadas, comparo com uma dor de ouvido numa criança com a mãe tentando fazer a dor parar.

O custo da passagem é exageradamente alto, os ônibus não são confortáveis, os horários e seus intervalos muito longos, e serviço de atendimento de reclamações ouve parcialmente, mas não resolve absolutamente nada, o motivo de tanta coisa sem solução é um só: falta de concorrência.

É obvio que toda frota tem despesas com funcionários e seus encargos, despesas com combustíveis, lubrificantes, pneus e todo tipo de manutenção, sem esquecer do seguro obrigatório, emplacamento e tantas outras taxas.

Mas se em outras cidades as empresas de transporte coletivo tem as mesmas despesas, como explicar a diferença dos preços praticados em Itajaí? Foi baseada em alguma planilha? Onde está essa planilha?.

Se eu usar a linguagem popular penso que serei entendido com mais facilidade, então farei cálculos demonstrativos baseados em aproximações e com métodos simples que qualquer pessoa pode entender.

Quantos quilômetros um ônibus faz com um litro de óleo diesel é a pergunta chave, a resposta é depende, mas não vou enrolar, depende de qual tipo de motor está montado no ônibus, mas a média é de 3 a 5 Km por litro de diesel.

Conforme citei, depende de vários fatores, do roteiro, do tipo de vias, se são asfaltadas ou não, do ano do veiculo, da capacidade de passageiros, e principalmente do tipo de motorista, mas reafirmo que a média é de 3 a 5 Km por litro.

Quem dirige sabe que até a calibragem dos pneus influem no consumo, ainda assim a média permanece entre 3 e 5 Km por litro.

Agora que sabemos a média de rodagem por litro podemos chegar fácil ao total de uma viagem, então vamos lá: do centro até um dos bairros tem em média 6 Km, imagine que o motorista é muito ruim e faz só 3 Km por litro, então gastou 2 litros de óleo diesel, como base digamos que o valor do óleo diesel é R$ 2,00, então uma viagem do centro até um bairro custa R$ 4.00 de combustível.

Claro não é só de combustível que vive uma frota de ônibus, vamos colocar R$ 4,00 de manutenção por viagem, R$ 4,00 de documentação, R$ 4,00 para o motorista, e mais R$ 4,00 para os itens que esqueci, então temos R$ 20,00 de custo por viagem.

Fazendo um cálculo simples, que é dividir o custo de uma viagem pelo valor da passagem, percebe-se que 7 passageiros são necessários para cobrir os custos de uma viagem, o restante é lucro líquido da empresa.

E olha que houve bastante exagero, porque R$ 4,00 por item e média de 3 Km por litro é irreal, em todo caso, R$ 2,85 por passagem é um absurdo, em Florianópolis existem linhas de mais de 15 Km por valor menor, até em estrada de chão, enquanto que em Itajaí é praticamente todo asfaltado.

Em Curitiba o custo de uma passagem é R$ 2,50, não sei quanto KMs rodados são, mas quem já andou de ônibus lá e aqui sabe a diferença, principalmente em se tratando de conforto, qualidade dos ônibus, dos assentos e outros itens.

Qualquer carro popular tem um custo menor do que R$ 2,00 para se deslocar do bairro ao centro, talvez esse seja um dos motivos do trânsito caótico em Itajaí, porque pagar mais e ficar longe do local de destino se pode pagar menos e descer em frente ao destino?

O valor das passagens de ônibus contribuiu para o aumento significativo do número de veículos em Itajaí, não foi só a facilidade em comprar a prazo, foi também a necessidade de economizar, porque realmente é mais barato fazer deslocamentos dos bairros ao centro com transporte próprio, então por qual motivo iria pegar ônibus?